Meia Maratona Vasco Gama 2012

20121010-170204.jpg

Foi a minha segunda Meia Maratona, 6 meses depois da estreia na MM da ponte 25 de Abril.

Desta vez o plano era acompanhar a Mónica e tratarmos de completar o percurso em menos de 2 horas… segundo ela 1h59:59s. Assim tinhamos como objectivo manter um ritmo de 5:39 por km, ou algo ligeiramente abaixo.

O encontro R4F era em frente ao C.C.Vasco da Gama de onde partiam os autocarros para a ponte e combinámos para as 8h00 para podermos chegar cedo à partida e evitarmos as confusões ao arrancar.

DSCN6438 (9)

Grupo grande, muita animação, alguns elementos novos a correr pela primeira vez com a camisola laranja, não me recordo de nenhuma estreia na Meia Maratona, mas sei de vários com expectativas de PBT’s🙂

2012-10-01 21.29.39

O autocarro onde seguimos era muito laranja e a galhofa e bocas continuaram. Os autocarros seguiram um percurso normalmente vedado por trás da primeira bomba de gasolina depois da travessia que permite uma inversão de marcha sem que se tenha que ir a Alcochete. Ao sermos despejados temos o aquecimento… 1km/1,5km(?) a pé até ao ponto de partida.

Tal como na MM da 25 de Abril, voltámos a ficar bem posicionados a poucos metros do inicio do pelotão. Tínhamos pela frente cerca de 1h15 de espera até iniciarmos nova aventura.

Encontrei o meu amigo Rui Cabral lá na frente, que não perde estas provas mais emblemáticas apesar de andar mais virado para o triângulo.

Com o pequeno almoço tomado às 7h30 e a prova a iniciar-se às 10h30 é necessário gerir alguma fome e sede que possa surgir. Levar uma garrafa de agua e algo para petiscar pode ser útil. Nós não tínhamos pensado em tal e resolvemos isso com um gel antes de arrancar.

2012-09-30 22.42.28

Ao iniciar a corrida tivemos um “cola” na nossa peugada…🙂
O Miguel Serradas Duarte juntou-se a nós a fizemos os 21,095m juntos. Quando estamos a acabar a descida e a entrar na Expo cerca dos 3km, passa por nós o Nuno Sentieiro que logo diz: ” Que guarda de honra levas, Mónica”.

E foi assim que seguimos nos primeiros km’s… a Mónica a impor o seu passo e eu e o Miguel a segui-lá, um de cada lado.
2012-10-07 20.19.01

Ao fim de 24:45 passávamos os 5km e a curiosidade era muita… confidenciava eu para o Miguel: “ela vai a 4:57/km!! vamos lá ver se não vai pagar este ritmo mais para o final”. Resposta do Miguel: “deixa-a ir, enquanto se sentir bem”.

Após sairmos da Expo, depois dos 7km, passámos a ter a companhia do Paulo Fernandes, que ainda nos tirou algumas fotos bem giras.

Meia-maratona Rock & Roll de Portugal 2012_184

E aos 10km novo PBT para a Mónica: 51m05 (5:06/km). O Orlando e o João Veiga que se iam cruzando connosco brincavam: “Mónica, afinal vais para as 2h ou para a 1h30?!?”🙂

Meia-maratona Rock & Roll de Portugal 2012_182

Pouco depois, após os 11km, surge pela frente o viaduto antes de Sta. Apolónia e aquela “lomba alta e prolongada” vem quebrar o ritmo (além de acentuar o cansaço). Chegava agora a altura de deixar a Mónica seguir-nos :-)

Lembro-me que no cimo do viaduto nos cruzámos com o Nuno Dias de Almeida e o Filipe Corte-Real, o Luís Ferreira tinha passado um pouco antes e depois disto os “cruzamentos” tornaram-se regulares com pessoal laranja ou alguns outros amigos das corridas. Os gritos, cumprimentos, incentivos e palmas eram habituais e a determinada altura alguém que corria perto de nós comenta: “Mas vocês conhecem toda a gente?” Claro que deu gargalhada :-) Grande família laranja!!!

A inversão de marcha é feita em frente ao Jardim do Tabaco e aos 14km voltamos ao viaduto…

Para não variar, aos 15km novo PBT: 1h18m42. Foi nesta fase que o Paulo Pires se juntou a nós, e seguiu connosco até à chegada.

Chegava a fase critica. A aproximação aos 20km é sempre o ponto mais duro, devido ao acumular de km’s, porque depois disso “cheira a meta” e ganha-se nova alma.

Mas o animo manteve-se, a boa disposição ia ajudando, o Paulo ia antecipando a sua partida para o Atlas em Marrocos e o ritmo continuou a rondar os 5:30/km, com excepção do km19 que foi o mais lento da prova (5:45) para o qual contribuiu alguma confusão no abastecimento final.

O final da prova é fantástico, a Expo está cheia de pessoas que incentivam muito quem corre. O Gerardo e o João Pedro estavam no percurso, desta vez como fotógrafos. E agora até a Mónica já percebia que o seu objectivo de 1h59m59s ia ser dinamitado :-)

2012-09-30 20.45.15

Resultado final: o gps diz que completámos 21.410m em 1h54m18 !!!

Os PBTs da Mónica, até cansa enumerá-los:
a) 1km em 4:45s
b) No Teste Cooper (12m) fez 2,49km
c) 5km em 24:34s
d) 10km em 51:07s
e) Em 1 hora fez 11,62km
f) 15km em 1h18:42s
g) 20km em 1h46m46s
h) Meia Maratona em 1h52:33s

2012-10-01 22.17.34

No fim o grande cumbibio laranja e depois XUTOS E PONTAPÉS (são mesmo brutais, estes senhores).
Em baixo eu alongava ao som da “minha casinha” enquanto a Mónica dançava…

2012-09-30 20.47.35

Depois da passagem por casa para o banho ainda nos juntámos a alguns laranjas para um almoço nos Olivais, onde se riu muito com algumas estórias das corridas e dos treinos :-)

2012-09-30 20.43.17

O Carlos Lopes, do site “A minha corrida”, fez uma foto que achei muito bem conseguida e que mostra varias das coisas que eu gosto nos R4F…
… o Run, o companheirismo, a solidariedade, a partilha, a entre-ajuda, o Fun

DSC03799

One thought on “Meia Maratona Vasco Gama 2012

  1. José Bagina,

    Belo relato. A tua última frase resume bem tudo e demonstra que, com apoio, é possível fazer, o que parecia impossível

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s